La Notícia

Bailarinas demitidas do Faustão revelam segredos internos e motivo da saída

Algumas bailarinas demitidas do Domingão do Faustão, da Globo, revelaram porque acabaram saindo do programa.

Em entrevista ao colunista Léo Dias, Carol Agnelo, que ficou durante 9 anos na atração, revelou porque foi demitida:

Leia também: Substituta de Renata Vasconcellos causa ciúme, inveja e intriga na Globo; veja aqui

“Fui demitida porque sempre tem renovação de bailarinas. Já estava há quase 10 anos. Mas não guardo mágoas. Vivi grandes momentos e sempre fui muito feliz ali dentro fazendo o que mais amo na vida, que é dançar”, disse.

Já Carol Soares, disse que ficou feliz por ser demitida e que é algo que já queria:

“Era algo que eu já queria, pois o programa tinha passado para São Paulo, e eu moro no Rio. Minha filha é bebê e eu ficava indo e vindo, gastando dinheiro com passagem e hospedagem, além de longe dela.

Mas se o Domingão um dia voltar para os Estúdios Globo, quero retornar para o balé. Sinto muita falta. Só coleciono momentos maravilhosos que levarei pra sempre comigo. Ano passado voltei como jurada técnica da Dança dos Famosos e amei. Me senti super lisonjeada com o convite”.

Apesar de sempre estarem na mídia, as bailarinas não ganham nada bem.

Uma iniciante ganha cerca de R$ 2.500,00 por mês, mas o salário mais alto chega apenas a R$ 5.000,00.

Já o salário de Faustão é o maior da TV brasileira e o valor é astronômico. Veja quanto aqui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags:
Categorias:
Polêmicas