La Notícia

Apresentador da Globo diz que foi abusado na infância e ataca Bolsonaro

Um dos atuais maiores nomes da TV Globo, Marcelo Adnet é um dos maiores humoristas do país.

Nesta quinta-feira, 9, ele deu uma reveladora entrevista à revista Veja, onde falou sobre política e aspectos de seu passado.

Leia também: Globo faz Tiago Leifert se ‘humilhar’, ele pede “respeitem meu emprego” e salário vaza; veja vídeo e valor aqui

Sobre Bolsonaro, ele detonou o presidente:

“O presidente é uma piada pronta, talvez a figura mais caricata que já vi na vida. Não apenas na forma de falar, de pensar ou de se comportar, mas, sobretudo, no conteúdo. Collor, Fernando Henrique, Lula, Dilma, todos eram passíveis de sátiras. Só que nunca um governante disse tanta bobagem, seja por incapacidade, seja por estratégia mesmo”, afirmou.

Na mesma entrevista, contou que sofreu abusos quando foi criança:

Leia também: Ator da Globo Fábio Assunção agride e faz quebradeira; pode ser preso e demitido; veja aqui

“Na primeira, nem sabia o que era sexo. O caseiro do lugar onde eu passava as férias começou a se aproximar de mim e pedir favores. Ele me chantageava dizendo que, se contasse algo a qualquer pessoa, meu cachorro morreria.

Eu era muito ingênuo. Um dia, quando só estávamos eu e ele em casa, foi para cima de mim. Senti uma dor imensa, mas durou pouco porque meus parentes, que tinham ido ao mercado, voltaram para buscar a carteira. Mais tarde, o pesadelo se repetiu com um amigo mais velho da família. Ele não chegou a consumar o ato, como o caseiro, mas me beijou e passou a mão no meu corpo. Foram dois episódios difíceis”.

Segundo Adnet, só depois da morte do abusador ele conseguiu falar sobre o caso com a família:

Leia também: Demitido da Globo já denunciou teste do sofá e humilhações de Luciano Huck: “levar mijada calado”; veja detalhes relatados

“Para se ter uma ideia, só depois da morte desse conhecido da casa, há cerca de dez anos, consegui contar à minha família. Hoje, já falo de maneira natural porque entendi, após anos de análise, que o constrangimento não é meu, e sim de quem me abusou. O que fica disso é o susto, o trauma, a desconfiança” .

Ainda sobre a o canal onde ele trabalha, veja os ‘Maconheiros da Globo’: lista de atores que fumam vaza e bomba na web; veja os nomes aqui

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Polêmicas

Comentários