La Notícia

Zé Neto é diagnosticado com candidíase oral; saiba da doença

O cantor Zé Neto foi diagnosticado com monilíase oral, uma espécie de fungo, após tomar corticóide para tratar problemas no pulmão causados pela Covid-19 e o uso de vape, uma espécie de cigarro eletrônico.

De acordo com o infectologista, Alexandre Naime, do Hospital das Clínicas de Botucatu, o quadro atual do sertanejo é de candidíase oral.

“Ele se aproveita de uma situação de queda de imunidade, para se instalar. Uma pessoa que está sem nenhum tipo de anomalia pode até ter a presença do fungo, mas ele não manifesta. Já para quem tem problemas crônicos de imunidade, ou está fazendo tratamentos que afetam o sistema imune, como a quimioterapia, é mais comum aparecer”, explica o infectologista.

Para conter essa inflamação, Zé Neto está usando um medicamento com base de corticóide e, de acordo com o especialista, é muito provável que seja na forma inalatória. “Isso faz com que a imunidade local, ou seja, da boca, seja prejudicada, e explica o surgimento dos sinais do fungo. Pacientes com asma brônquica e bronquite, por exemplo, que utilizam a mesma forma de remédio também costumam ter o problema”, explica o médico.

O tratamento geralmente é feito com medicamentos anti fungos ou ingerindo drogas antifúngicas orais, que devem ser prescritas por um especialista.

“A doença não costuma ser grave, somente em casos extremos de supressão imune, como em pacientes com Aids. O fungo pode descer para o esôfago e causar complicações, mas são casos muito mais raros”, explica Naime.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags:
Categorias:
Polêmicas
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments