La Notícia

José de Abreu é condenado a pagar indenização por causa de facada em Bolsonaro

A 3ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo condenou Zé de Abreu a pagar uma indenização no valor de R$ 20 mil ao Hospital Albert Einstein, por danos morais.

Em janeiro de 2019, o ator disse em seu Twitter que a facada sofrida pelo presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral em Juiz de Fora, teria sido elaborada pelo serviço de inteligência de Israel, com apoio da unidade de saúde da capital paulista.

Após a repercussão negativa da fala, Zé de Abreu apagou o twitte, mas a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira acionou a Justiça e ganhou a ação movida em primeira instância.

A relatora do caso, Maria do Carmo Honório, ressaltou que comentários ofensivos feitos por personalidades públicas podem alcançar milhares de pessoas, o que corrobora a repercussão negativa da fala. “Inegáveis as consequências negativas advindas da publicação feita pelo apelante e, em face da ofensa à imagem, fama e reputação da apelada, o dano extrapatrimonial restou bem caracterizado”, disse ela.

Maria do Carmo destacou ainda que o episódio ocorreu logo após o processo eleitoral que trouxe à tona questões relativas ao poder das mídias sociais e fake news, indicando que o ator deveria ter adotado cautela maior em suas palavras.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários