La Notícia

Jornalista da Globo ataca Bolsonaro ao vivo e dispara: “problema sexual”; assista

O problema de Bolsonaro com a TV Globo vem desde antes da eleição de 2018, quando o agora presidente declarou guerra ao canal.

Neste ano, por exemplo, ele ameaçou a concessão do canal, o que pode tirar emissoras do ar, como a Globo Minas.

Leia também: Globo é condenada após homem que participou de pegadinha de Huck morrer; veja aqui

De lá pra cá os ataques aumentaram. Nos últimos dias a guerra se intensificou quando Bolsonaro atacou uma jornalista da Folha, dizendo que ela queria “dar o furo”.

Depois do comentário, Fátima Bernardes detonou Jair ao vivo (veja aqui) e a jornalista Renata Lo Pret também o condenou (aqui).

Quem surpreendeu e fez um duro comentário sobre o caso foi Arnaldo Jabor, durante sua participação no Jornal da Globo. Ele fez uma longa crítica ao comportamento do presidente:

Leia também: Dançarina do Faustão posta foto com vibrador muito grande aparecendo; veja foto

“Já falamos muito sobre ideologia e política da gestão Bolsonaro, mas há um outro aspecto importante que não tem sido analisado: o problema sexual do presidente. Dele e do seu entorno”, iniciou.

“Vocês já repararam como o tema ‘homem e mulher’ é tratado por Bolsonaro mesmo antes dele ser eleito? Só se fala em sexo! As observações e metáforas sempre tocam nisso. Bolsonaro já brigou com uma deputada a quem não estupraria, já disse no ar que gastava dinheiro em Brasília ‘comendo gente’”, continuou ele.

No fim ele falou do ataque à jornalista da Folha:

“Esse último ataque à Patrícia é um tiro para bater dois inimigos: a sexualidade e o jornalismo, a quem da bananas diárias na porta do Palácio [da Alvorada]. Mas por trás de tudo isso está o verdadeiro inimigo: a democracia. Esse regime chato que deixa a sociedade amar, criticar e se expressar com liberdade. Nunca se viu isso no país. Há uma sexualidade torta no Executivo, que acaba pautando uma vida política perversa”.

Leia também: GGlobo obriga Faustão a passar ‘vergonha’ ao vivo após dizer o que queria; veja aqui

O que você acha do comentário e dessa guerra?

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Polêmicas

Comentários