La Notícia

Irmão de Bruno Gagliasso detona ator da Globo para defender Bolsonaro

Thiago Gagliasso trocou farpas com Fábio Porchat no Twitter após opiniões contrárias sobre política. O ator se demonstrou revoltado com uma das falas do humorista.

“Não posso afirmar que todo bolsonarista é humofóbico, mas com certeza todo homofóbico é bolsonarista”, escreveu Porchat em sua rede social.

Leia também: Mãe de Gabriel Medina diz que viu namorada dele chupando um homem

Apoiador do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), Thiago Gagliasso rebateu: “Pois é mas foi na ditadura Cubano de Che Guevara o revolucionário que vocês tanto reverenciam que milhares de GAYS foram perseguidos e enviados para campos de trabalho para serem ‘curados’ com tortura. Che Bolsominion? Será?”.

Há alguns meses, o irmão de Bruno Gagliasso já havia usado o seu Twitter para alfinetar o humorista, que na época se posicionou contra o governo de Bolsonaro.

“R$ 2.496.000,00 é o valor em aberto na prestação de contas do filme do bonitão Fábio Porchat. Nome? ‘Meu Passado Me Condena’. Isso daí ninguém fala nada! Presta conta aí, para ajudar na vacina, ô genocida! #cadeOdinheiroPORCHAT? ‘Meu Passado Me Condena parte 2’, porque ainda não acabou. R$ 3.072.000,00 é o que está pendente na Ancine. Meu Deus, que genocídio com a verba pública!”, escreveu Thiago.

“Fazer piada com Jesus, chamar presidente de genocida e mandar ficar em casa é mole! Difícil é prestar conta de mais de R$ 5 milhões do longa que protagonizou”, completou.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments