La Notícia

Tadeu Schmidt na Globo sobre uso de maconha: “com os amigos”

O apresentador da Globo Tadeu Schmidt deu entrevista para Tatá Werneck e foi pressionado por ela a falar sobre suas várias primeiras vezes com beijo, sexo e maconha. Tímido, ele acabou respondendo e justificando algumas das perguntas da apresentadora e comediante.

No Lady Night, ele começou a explicar que teve uma infância e juventude muito rígida porque é filho de militar e descendente de alemães: “Eu tive uma infância super-rígida. Meu pai era militar e filho de alemães. Não tinha possibilidade de fazer nada fora das regras, eu cresci com isso muito forte, tanto que hoje eu gosto de seguir as regras. Se todo mundo seguir, as coisas funcionam”.

Em seguida ele contou como foi a primeira vez que experimentou a erva: “Pode falar isso aqui? Meu Deus do céu! Vou fazer uma revelação”.

Tadeu Schmidt assumiu que usou maconha algumas vezes “com os amigos”: “Experimentei uma vez, depois repeti algumas vezes com os amigos… Não sei como prepara, era coisa de adolescente, mas hoje faço questão de dizer que sou absolutamente contra: se é fora da lei, não pode, né?”.

Leia também: “Olhava e ficava mais duro” diz Paulinho Vilhena na Globo com Mariana Ximenes

Salário de Tadeu Schmidt na Globo

Tatá Werneck ainda perguntou qual era o salário do apresentador na Globo, agora que ele foi promovido e apresenta o Big Brother Brasil. E também sobre a virgindade, mas ele recusou responder sobre isto.

Parado pela polícia ao sair da Globo

Em março o apresentador compartilhou com os seguidores quando foi parado ao sair da emissora, após uma edição do BBB:

“Estão achando que é fácil? O cidadão sai do trabalho depois de uma da manhã e ainda é parado na Lei Seca. Mas é uma fiscalização tão importante e feita com tanta educação e cordialidade, que eu só posso aplaudir”, explicou ele.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments