La Notícia

O futuro do mercado: Descubra o que são os fundos de investimento em índices

Com o mundo de ponta cabeça por conta da COVID-19, a grande preocupação é como enfrentar os efeitos da paralisação da economia provocados pela pandemia. Quanto tempo irá durar, quais serão os países que serão mais ou menos afetados, quais companhias serão as mais ou menos beneficiadas, são questionamentos que ainda não há respostas. Outro exemplo é onde investir dinheiro em momentos de crise? Segundo especialistas o “pulo do gato” está em um nicho que vem revolucionando o mercado financeiro, os Fundos de Investimento em Índices.

Entrepreneur, Idea, Competence, Vision, Target

Imagem: pixabay.com

No atual ambiente de quarentena e protocolos de isolamento social, onde foram paralisados boa parte das atividades, com certeza ocorrerão reajustes localizados de determinados itens, mas o grande temor é de uma recessão severa.

Aqui no Brasil, gastos relevantes já começaram a acontecer, e mesmo não existindo uma coordenação política por parte do governo Federal, ainda assim, vem viabilizando compensação aos Estados e Municípios pela queda em arrecadações, arcando com o pagamento de uma renda básica para boa parcela da população, além de o Banco Central e o BNDES estabelecerem medidas para incentivar empréstimos bancários para pessoas e empresas.

Dessa forma, com um período de incertezas, especialistas prezam ser muito importante manter a liquidez para aproveitar oportunidades de investimento, pois defendem, que são nesses momentos (crise) que surgem as melhores liquidações.

Neste artigo, traçaremos um passo-a-passo explicando a melhor forma de investimento em fundos de índices, um mercado que ganha cada vez mais espaço nas carteiras dos investidores brasileiros, haja vista as inúmeras vantagens que tornam esse tipo de ativo muito interessante.

Primeiramente, devemos saber do que se trata um Fundo de Índice. Também conhecido como fundo ETF, tem por base buscar desempenho semelhante de um determinado índice de mercado, replicando a composição desse índice. Enquanto os fundos de investimento tradicionais possuem taxa de administração, em média, de 2% a 3%, os ETFs cobram taxas decimais, em torno de 0,3% a 0,6%. Dessa forma, no longo prazo, a diferença na rentabilidade acumulada é substancial. Tem como diferencial, poder ser adquiridos ou vendidos como uma ação, no pregão eletrônico, por meio de uma corretora.

Mas como investir nesses fundos de índice? No início, deve-se ter conhecimento de que no curto prazo, as chances de ganhar ou perder comprando ações gira na casa dos 50%, contudo, quando se trata de longo prazo, as chances de lucro aumentam de forma considerável. Isso acontece porque o ‘sobe e desce’ diário das cotações é intenso. Mas, conforme o tempo vai passando, o preço de uma ação tende a subir de acordo com o crescimento dos negócios da companhia, ou seja, o melhor a se fazer nesse período de incertezas, é estabelecer um plano de investimento a longo prazo.

Para aqueles que estão começando nesse seguimento, uma boa alternativa são os investimentos em índices online, pois com eles é possível se especular nos maiores mercados financeiros do mundo. O investimento online pode ser feito por qualquer pessoa que já tenha algum dinheiro guardado e pretenda deixar a comodidade, ao menos em parte, da famosa renda fixa.

Esse é o ponto primordial para aqueles que começam a se aventurar pelo vasto mundo do mercado de finanças, pois a renda fixa está cada vez menos atrativa, visto que os juros básicos estão cada vez menores. Assim, atualmente, àqueles que buscam alguma remuneração mais adequada para seu dinheiro estão buscando investimentos de renda variável, bolsa de valores, por exemplo.

Para isso a bolsa de valores online se apresenta como a oportunidade de ganhar cinco, dez ou até mesmo vinte vezes mais do que você ganharia na renda fixa. Aliás, a bolsa de valores é, por definição, a diversidade: o número de empresas em que se pode investir, o tipo de papéis, com diferentes características, ativos, derivativos, contratos, minicontratos, títulos imobiliários e muito mais.

Pois bem, estou certo que esse é o tipo de investimento que desejo realizar, como proceder?

Muitas são as maneiras de acompanhar as cotações de Bolsa de valores por plataformas online. Caso você ainda não tenha uma conta numa corretora de valores, existem inúmeras opções, como por exemplo o próprio google, ou até mesmo qualquer site relacionado a finanças hoje em dia. Entretanto, inicialmente, procure por sites mais confiáveis e seguros.

O ideal é abrir uma conta em uma corretora, pois além de ser gratuito, automaticamente se ganha o direito de usar ferramentas que lhe auxiliará a acompanhar os preços, gráficos, bem como simular operações como se estivesse negociando verdadeiramente os ativos na bolsa.

Sendo assim, agora que agora que você passou a conhecer, mesmo que minimamente, esse mercado incrível, percebeu que é necessário muito conhecimento para realmente obter lucro e aumentar suas chances de sucesso.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Esportes