La Notícia

William Bonner debocha de Bolsonaro ao vivo na Globo e ele rebate: “canalha!”

William Bonner e Jair Bolsonaro

William Bonner divertiu a internet na noite da última quarta-feira (06) após a apresentação de uma fala feita por Jair Bolsonaro (sem partido). Na bancada, o apresentador leu na íntegra as alegações do político, porém para muitos telespectadores, o jornalista estaria tentando imitar a voz de Bolsonaro.

Leia também: A Globo está fazendo algo que vai deixar Jair Bolsonaro muito irritado; veja o quê aqui

Já na manhã desta quinta-feira (07), o presidente chamou Bonner de “canalha” e “sem vergonha”, em uma conversa com apoiadores. Ele ainda atacou o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta e o youtuber Felipe Neto.

“Pessoal da imprensa, sem vergonha, William Bonner, sem vergonha, vai ter seringa pra todo mundo. William Bonner, por que seu salário foi reduzido? Porque acabou a teta do governo. Vocês têm que criticar mesmo. Quase R$3 bilhões por ano para a imprensa e grande parte para vocês, acabou”, disse, fazendo novamente alegações, sem provas, de que seu governo cortou o valor que seria gasto em gestões anteriores em anúncios publicitários na grande imprensa.

Ainda durante a conversa, Bolsonaro afirma que não gostou da reação da imprensa sobre a sua decisão de adiar a compra de seringas, alegando que os preços eram abusivos. “Vocês falam que não comprei seringa agora. Por quê? Porque quando fui comprar, o preço dobrou. Se eu compro, vão falar que eu comprei superfaturado. Não dou essa chance para vocês. Brasil é um dos países que mais produz seringas. Não vai faltar seringas”, afirmou.

No final, o presidente ainda voltou a atacar William Bonner: “Agora estão dizendo que vai faltar seringa para outras doenças. São canalhas. Bonner, você é o maior canalha que existe, William Bonner. São canalhas. O tempo todo mentindo”.

Ataques a Felipe Neto e Mandetta

Durante a sua conversa com apoiadores, Bolsonaro também fez críticas ao youtuber Felipe Neto, que foi flagrado jogando uma partida de futebol com os amigos.

“A gente está vendo artistas globais correndo na praia, jogando futebol… O Felipe Neto né? Daí ele colocar o twitte dele: ‘Quando eu saía do gol e ía pra frente, eu botava máscara”, disse.

Sobre o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, Bolsonaro criticou a sua recomendação do início da pandemia de não procurar assistência médica ao apresentar sintomas leves. Na época, a declaração foi feita para evitar uma grande aglomeração nos hospitais, que ainda se preparavam para a pandemia.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários