La Notícia

Repórter da Globo chora ao vivo por conta de tragédia: “Muito difícil”

Flávio Fachel deixou a bancada do Bom Dia RJ para ir a campo fazer a cobertura da tragédia em Petrópolis. Ao vivo, o jornalista não conteve as lágrimas ao falar sobre o ocorrido.

“Não tem como a gente não se emocionar, porque a gente sabe que tem gente aqui que ainda precisa ser resgatada. É muito difícil o que a gente está acompanhando aqui”, afirmou Flávio, aos prantos.

“E a gente fica vendo essas equipes de socorro trabalhando e usando toda a técnica que elas têm para localizar alguém que você não sabe onde está! A missão era vir pra cá, dormir e descansar para apresentar o Bom Dia RJ. Eu não fui dormir, eu cheguei aqui e fui atrás dessas equipes, quero ver como elas estão trabalhando. E as pessoas estão trabalhando aqui de maneira incansável”, desabafou.

Até o momento, o número de mortos por conta dos estragos da tempestade de terça-feira (15) chegou a 105 pessoas. Ao todo, foram 134 registros de desaparecimento e cerca de 500 bombeiros trabalham nas buscas. De acordo com dados da Secretaria Estadual de Defesa Civil, 24 pessoas foram resgatadas com vida.

“O que está acontecendo aqui hoje em Petrópolis não é resultado da chuva. Chuva vem em todo início de ano. São décadas de abandono dessas populações que moram nas encostas e não têm a possibilidade de ter acesso a um programa de habitação decente. Todo ano a gente tem um desastre parecido aqui na serra, e não é feito nada”, declarou Flávio, indignado.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Polêmicas
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments