La Notícia

O que exatamente a proteção antivírus faz?

Os antivírus são fundamentais nos dias de hoje e é muito comum que assim que alguém compre um novo computador, por exemplo, seja sugerido comprar um antivírus ou baixar um grátis. Mas, como funciona um antivírus? Ele realmente protege o dispositivo de todos os ataques? É seguro baixar um antivírus ou ele irá roubar suas informações?

Segurança do antivírus

Antes de tudo, vamos começar pela segurança que o usuário deve ter antes de escolher um antivírus, afinal de contas, como essa palavra se tornou tão habitual, é normal que as pessoas não pensem muito antes de contratar um.

Mas, será que todos os antivírus são seguros? E a resposta é Não. Não são todos os antivírus que são seguros. Um ponto crucial a se entender é que quando se contrata um antivírus o usuário precisa dar a ele o acesso a praticamente todos os seus documentos e movimentações.

Sendo assim, o antivírus pode ser muito perigoso mas, isso é bem fácil de se resolver. Existem antivírus que são oficiais dos sistemas operativos então, o mais seguro é buscar esse tipo de antivírus. Caso deseje algo mais específico, centenas de empresas oferecem antivírus mas lembre-se sempre de contratar programas confiáveis e que tenham muitas avaliações ao redor da internet. Fazendo isso, o usuário terá certeza de estar contratando um serviço que realmente irá protegê-lo e não roubar suas informações.

O que o antivírus pode fazer pelo dispositivo

Os antivírus realmente são extremamente importantes e vamos explicar o motivo principal: Apesar de não vermos, agora mesmo, a cada segundo, existe uma intensa luta entre programas e pessoas que querem roubar dados e antivírus, que bloqueiam os acessos dessas pessoas/programas.

Os antivírus foram criados para que sites, empresas e dados fiquem protegidos mesmo quando estejam sendo atacados. As grandes empresas, como a empresa de jogos de caça-níqueis GG.bet, possuem antivírus potentes, principalmente quando se trata da proteção dos dados dos clientes.

O antivírus é como uma casa com sua porta, que não contém apenas a porta para evitar ataques, mas também uma fechadura resistente. A todo tempo estamos sendo atacados e a todo tempo o antivírus está funcionando mesmo quando não percebemos. Um claro exemplo é quando recebemos um email e ele recebe uma descrição de Perigoso, ou você recebe uma mensagem como “Este email parece suspeito e pode conter vírus”.

Então, mesmo antes de você ativar o antivírus em seu computador, as empresas de email e os sites já fazem isso para proteger a eles mesmos e também aos seus usuários mas, isso é o bastante?

Infelizmente não. Apesar das grandes empresas estarem sempre cuidando da sua segurança, não é possível confiar cegamente nisso, até porque nem sempre esses vírus são captados por eles.

Isso é muito comum nas redes sociais, por exemplo, onde uma pessoa compartilha um link que acredita que é interessante e no final está espalhando vírus para dezenas, centenas e milhares de outras pessoas.

Por isso, um antivírus pessoal é tão importante, ele irá avisar quando algo estiver fora do convencional mesmo que outras plataformas e empresas não tenham tido a percepção. O antivírus nos dias de hoje é como um segundo escudo, que pode te salvar. O antivírus roda nos sites que o usuário utiliza, aplicativos mas também elementos como documentos baixados por meio de pendrive, por exemplo.

Ele verifica as ações de cada item e, caso exista algo que lhe parece suspeito, reporta ao usuário para que ele tome a ação necessária. Outro método comum nos programas de antivírus é a Análise Heurística. Essa análise vai além dos novos documentos. Ela percebe quando um item que já está dentro do computador está tentando fazer modificações nas configurações do mesmo.

Atualizações

Assim como existem pessoas que trabalham em empresas para fornecer a segurança para elas e seus usuários, existem pessoas que trabalham para quebrar essa segurança, os conhecidos Hackers. Caso uma pessoa não atualize seu antivírus constantemente, ela pode perder a chance de se proteger já que os hackers podem atacar com novos modelos que podem não ser reconhecidos pelas versões anteriores do antivírus.

Por isso, é de extrema importância manter os antivírus atualizados, pois a empresa de antivírus oferece essas atualizações para proteger o usuário de novas formas de ataques. Tudo parece uma guerra e é. Os hackers podem ser presos por suas ações, os crimes cibernéticos. Mas, o melhor é realmente se previnir o quanto antes para não precisar chegar a esse ponto, até porque muitas vezes é difícil identificar a pessoa por trás do ataque.

Conclusão

É importantíssimo ter um antivírus para que problemas maiores possam ser evitados. Ao longo da era digital, milhões de contas foram roubadas ou atacadas por hackers, por isso, é preciso se cuidar o quanto antes. Como existem vários antivírus no mercado, o melhor é procurar um que encaixe no seu bolso mas que tenha uma ótima reputação, afinal de contas nesse caso o barato pode literalmente sair caro, até mesmo com a perda total do dispositivo.

O melhor a se fazer sempre é se cuidar, verificando sempre se um link enviado realmente parece legítimo antes de clicar no mesmo e também cuidar de seus aparelhos para que imprevistos desagradáveis não aconteçam.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Polêmicas
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments