La Notícia

Luciano Huck emite opinião e é considerado discurso eleitoreiro: “vergonha e revolta”

Luciano Huck se manifestou publicamente sobre o vídeo em que o motoboy, Matheus Pires, foi vítima de racismo. “Vergonha, tristeza e revolta. Foi o que senti quando recebi este vídeo. Nele está tudo contra o que lutamos. Matheus Pires foi corajoso e não baixou a cabeça para o preconceito. Temos de nos unir na luta de Matheus para mudar o Brasil”, escreveu o apresentador da Globo.

No vídeo, é possível ver o homem humilhando e fazendo comentários racistas contra o entregador, que apenas se defende das declarações.

Huck entrou em contato com o rapaz, que mora na cidade de Valinhos, em São Paulo. Aos saber que o motoboy está com problemas em sua moto, o apresentador resolveu presenteá-lo com uma nova, para que ele possa realizar as suas entregas.

O nome do agressor é Mateus Abreu Almeida Prado Couto. Em março do ano passado, ele foi processado por falsa comunicação de um crime, quando fez um boletim de ocorrência na polícia do furto de um carro. Mateus apresentou um laudo médico de esquizofrenia e afirmou que mesmo medicado, ele tem surtos. O caso foi arquivado pela Promotoria de Justiça de Valinhos.

Confira a publicação:

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Polêmicas

Comentários