La Notícia

Justiça bloqueia contas de Galvão Bueno com mais de R$ 1 milhão

Galvão Bueno teve as suas contas bloqueadas pela Justiça após reconhecer um débito no valor de R$ 1,3 milhão junto a um credor. O narrador foi avalista na aquisição de um crédito em nome de sua empresa, a Virtual Promoções Participações.

O pedido pelo bloqueio das contas do global foi deferido pelo juiz Rodrigo Galvão Medina, da 9ª Vara Civil de São Paulo, após Galvão Bueno não pagar as duas parcelas junto à empresa Leste Credit (Fundo de Investimento).

O credor pediu à Justiça a penhora de valores das contas do narrador e de sua família, que também assinou como avalista na aquisição de crédito.

De acordo com as informações que constam no processo, que teve início em junho, Galvão pagou uma quantia considerável, no valor de R$ 600 mil, no entanto, para quitar a dívida ainda faltavam duas parcelas de um pouco mais que R$ 120 mil, que não foram pagas na data combinada. Com isso, o credor retornou à Justiça com o valor total da dívida confessada (R$1,3 milhão) e com todos os acréscimos legais.

Os advogados de Galvão Bueno e sua família retornaram à Justiça alegando que há uma abusividade nos valores cobrados, informando que irão entrar com a ação em trâmite.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Polêmicas
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments