La Notícia

Governo Bolsonaro quer criar imposto para quem bebe e fuma; veja

Eleito pela revista britânica GlobalMarkers como melhor ministro da economia do mundo, Paulo Guedes quer criar outro imposto.

Em palestra no TCU (Tribunal de Contas da União) o ministro afirmou que pretende criar o “impostos sobre o pecado”.

Imposto do pecado

O ministro quer taxar quem bebe e fuma.

A justificativa é clara: quem bebe é fuma agora, precisará de atendimento médico no futuro.

Como isso gera custos ao governo, na visão do ministro é justo que a população pague desde já.

Pelo que disse, entende-se que uma proposta para criar o imposto deve ser apresentada aos deputados e senadores:

“Vamos ver no Congresso. O cara fuma muito? Bebe muito? Taca um imposto nele. Porque, se fuma muito, vai ter problema de pulmão lá na frente, vai ocupar hospital publico, então põe logo um imposto nele (…). Vício tem que ser caro, para ver se desincentiva.”

A lógica poderia ser aplicada a quem come muito doce, o que pode acarretar em diabetes, ou sal, que causa pressão alta.

É difícil imaginar, porém, como isso seria fiscalizado.

O que você acha da proposta? Quem bebe e fuma deveria pagar um imposto especial?

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
7 28
Categorias:
Polêmicas

Comentários