Polêmicas

Globo é proibida de cobrir Final da Libertadores após passar perna no SBT

A Conmebol proibiu a entrada de qualquer profissional da Globo no estádio Centenário, em Montevidéu (Uruguai), onde acontecerá a final da Libertadores, no próximo sábado (27). A punição seria por conta da exibição “Pirata” da coletiva de imprensa de Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, durante as semifinais. A final do torneio será disputada entre Palmeiras e Flamengo.

A exibição aconteceu após o empate do time paulista com o Atlético MG, no dia 28 de setembro, durante o programa Troca de Passes, do SporTV. Por isso, a emissora carioca não conseguiu nenhuma credencial aprovada para acompanhar presencialmente a final da Libertadores.

De acordo com informações do portal Notícias da TV, o órgão decidiu pela punição pois é proibida a exibição de qualquer entrevista ao vivo sobre seus torneios por emissoras que não possuem os direitos de transmissão de seus jogos. Sendo assim, apenas o SBT, a Disney e a própria Conmebol poderiam veicular a coletiva em tempo real.

A Globo ainda não se manifestou oficialmente sobre a decisão do órgão latino. A Conmebol também não se pronunciou.

A partida entre Flamengo e Palmeiras será exibida pelo SBT, às 17h do próximo sábado (27).

Fhilipe Pelájjio

Jornalista, publicitário, pós-graduado em marketing e mestrando, Fhilipe Pelájjio é um dos jornalistas mais lidos do país e escreveu em portais como BHAZ, Catraca Livre, Correio Braziliense, Portal Uai e criou os sites Moon BH, La Notícia e The Política. Também foi head de digital na Rádio Itatiaia.

Ver Comentários