La Notícia

Globo é processada e pode perder milhões para telespectadora

A cobertura da Globo sobre a pandemia do novo coronavírus está sendo duramente criticada por alguns telespectadores.

De acordo com informações do portal “Notícias da TV”, uma dessas pessoas chegou a entrar com uma liminar contra a maneira como os telejornais da emissora divulgam os números da doença, afirmando que isso causa pânico à população.

Rosemary Matias de Lima, de São João de Meriti, no Rio de Janeiro, entrou com a ação judicial em junho. Ela solicitou que a Globo mudasse a forma como exibe os casos de COVID-19, dizendo que deveriam divulgar apenas os números diários, não os acumulados (os telejornais da emissora oferecem ambos os tipos de informação).

Para a telespectadora, a forma como a divulgação é feita causa insegurança e mal-estar aos brasileiros.

O caso foi avaliado pela juíza Paula de Menezes Caldas, da 49ª Vara Cível, no Rio de Janeiro.

Ela considera que Rosemary por si só não tem legitimidade para defender os interesses de toda sociedade ou de todos os profissionais de saúde. Além disso, a Globo já divulga os dados da doença de forma cumulativa e diária.

A juíza também considera que a Globo não pode ser responsabilizada pela interrupção das atividades econômicas durante a pandemia. Por isso, a ação foi extinta pela própria juíza, sem nem ter a necessidade de que a emissora se defendesse.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags:
Categorias:
Polêmicas

Comentários