La Notícia

Com medo de Bolsonaro e por pressão, Globo quer Luciano Huck nos domingos

A TV Globo está disposta a mudar sua estratégia e não quer deixar que o apresentador Luciano Huck saia do canal para concorrer com Jair Bolsonaro (sem partido) em 2022.

Com a saída de Faustão, a emissora quer que ele assuma os domingos, o horário mais caro da TV brasileira.

E alguns motivos explicam a necessidade.

O primeiro é que tem certeza que o apresentador será bem sucedido aos domingos, mas não pode garantir que ele será eleito presidente. Portanto, quer apostar na opção certeira.

Segundo, a Globo vem sofrendo pressão do mercado publicitário. Os anunciantes precisam de um nome forte, capaz de se comunicar com todos os públicos.

Os nomes cogitados, como Eliana e Xuxa, agradam, mas não são considerados tão fortes como Luciano Huck.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
WEBBER!!Sou elite série A

Israel retornando a sua vida normalmente
Eua, reduziiu qse 70 por cento mortes pelo covid

e aqui o covid vai durar décadas…

politicos que so pensam no proprio umbigo
e um povo trouxa.que so quer saber de farra

Five Stars

USA também está sem vacina. Pessoas com diabetes tipo 2 ainda não tomaram vacina. Somente quem tem acima de 65 anos que tomaram.

Alan Silva

Efeito Trump e Bozo. Mas nos USA, em nenhum de seus estados, paciente morreram sem oxigênio, por mero descaso do governo federal.

Five Stars

Talvez voce esteja desinformado sobre o valor exorbitante que o governo federal enviou aos estados e que seguramente foram desviados de seus objetivos, que eram para ajuda emergencial da populacao.

Alan Silva

“Medo”… é isso mesmo o título? Que ridículo esse título. Globo em nenhum momento declarou apoio à candidatura de Huck; e porque teria medo de Bolsonaro? O próprio (des) governo de Bolsonaro lhe será por juízo em 2022, por mais que joguem a culpa dos fracassos a outros setores. Ainda que uma legião de adoradores acreditem que o “mito” será reeleito. Com Hulk fora, a centro-direita fica menos dividida em relação as opções de candidaturas. Uma frente de centro-direita forte, com apoio de uma centro-esquerda coerente, pode livrar os brasileiros desse desgoverno. E, certamente, com apoio de Globo ou não a qualquer candidatura, quem vai vencer é o povo. Chega desse discurso de “direita” e “esquerda”, que só serviu para eleger o atual presidente.

Magelo

Deus nos livre desse aventureiro. Que ele vá comandar seu programa de TV. Que fique longe de Brasília.